Mais quatro atletas foram banidos dos Jogos Pan-Americanos de Toronto por suspeita de doping. A argentina Luz Vazquez, medalhista de bronze, a nicaraguense Elverine Jiménez e a paraguaia Stephanie Bragayrac, todas da luta, tiveram “resultados analíticos adversos” e foram punidas pela Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa). O mesmo aconteceu com o boxeador Merin Zalazar, de Honduras. Com esses, já são oito os casos de doping confirmados no Pan.

Luz Vazquez teve seu exame positivo para o uso de hormônios e modulador hormonal. Merin Zalazar e Stephanie Bragayrac foram flagrados pelo uso de furosemida, enquanto que Elverine Jiménez testou positivo para DHEA, um esteroide.

Em nota, a Odepa informou que, além de excluir os atletas da competição, cancelou os resultados obtidos e retirou a medalha de Vazquez. A entidade informou ainda que repassou os resultados à Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) e às federações esportivas.

Na última sexta-feira, a Odepa já havia excluído três jogadores de beisebol – um dominicano, um porto-riquenho e um colombiano – e uma atleta mexicana de levantamento de peso por uso de substâncias proibidas.