A Fifa anunciou nesta sexta-feira (8) que a International Board (Ifab), órgão responsável por regulamentar as regras do futebol, autorizou uma mudança na 3ª Lei do Jogo, que permite que times façam até cinco substituições.

As equipes, porém, só terão três oportunidades por partida, incluindo o intervalo, para realizar essas alterações. A justificativa é a manutenção da fluidez do jogo, evitando excesso de interrupções.

Competições que permitem uma substituição extra nas prorrogações continuarão autorizadas a manter essa regra, e os jogos desses torneios poderão ter até seis alterações em um jogo.

A medida, que é temporária e vale para competições que terminem até 31 de dezembro deste ano, foi tomada para tentar reduzir a probabilidade de lesões dos atletas, que terão de disputar mais jogos em menos tempo com a paralisação das ligas por conta do novo coronavírus.

+ Cristian Toledo: Volta do futebol é ‘jogo de empurra’: crise financeira x pandemia

A Bundesliga, por exemplo, retomará a atual temporada a partir do próximo dia 16 de maio e quer encerrá-la até 27 de junho. Faltam nove rodadas para o fim do campeonato.

Fifa e Ifab discutirão a possibilidade de estender a alteração na regra das substituições para 2021.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Turner “esquenta” treta com clubes do Brasileirão após cancelar pagamentos
+ Jornal espanhol coloca crias de Athletico e Coritiba como top-10 da América
+ Como o futebol paranaense vem se articulando para voltar?


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?