A polonesa Agnieszka Radwanska segue sobrando no Torneio de Seul. Neste sábado, a número 4 do mundo e primeira cabeça de chave se classificou para a final do torneio sul-coreano ao derrotar a espanhola Lara Arruabarena, 112ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/2, em 1 hora e 4 minutos.

Neste sábado, Radwanska aplicou o seu terceiro “pneu” em quatro partidas em Seul. Ela fez oito aces diante da espanhola e se classificou para a decisão sem perder sequer um set. “Foi definitivamente um jogo muito bom. Eu joguei realmente um bom tênis”, disse Radwanska. “Estava muito quente lá fora, mas eu joguei meu 100% durante todo o jogo, é por isso que foram dois sets rápidos”, disse.

Radwanska está classificada para a sua quarta decisão na temporada e vai buscar o seu terceiro título – foi campeã em Sydney e em Auckland. Na final, marcada para este domingo, a polonesa vai encarar a russa Anastasia Pavlyuchenkova, cabeça de chave número 3 do Torneio de Seul.

 

A 32ª colocada no ranking da WTA fez uma semifinal equilibrada com a italiana Francesca Schiavone, número 56 do mundo e campeã de Roland Garros em 2010, e a derrotou por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (13/11) e 7/6 (8/6).

 

Pavlyuchenkova salvou três set points no primeiro tie-break e saiu de uma desvantagem de 3/0 no segundo para triunfar. “Para ser honesta, eu estou tão cansada agora”, disse Pavlyuchenkova. “Estou feliz por estar na final, mas ainda estou pensando sobre o jogo, como foi difícil”.

Radwanska lidera o confronto direto diante de Pavlyuchenkova por 2 a 1. O último duelo entre elas foi há algumas semanas, no US Open, com vitória da tenista polonesa.