O Goiás, diferente do Atlético, não teve uma semana livre para se preparar para o confronto de hoje e vem de um jogo contra o Peñarol (URU), no meio da semana, pelas oitavas de final da Copa Sul-americana.

Mesmo vencendo em casa, o time sofreu pressão da torcida. Penúltimo colocado na tabela, o alviverde precisa esquecer a vitória do meio de semana para tentar a reabilitação na Arena da Baixada.

No time, um velho conhecido dos rubro-negros: Rafael Moura. Autor do gol sobre o Peñarol, o ex-atleticano foi o principal alvo da torcida esmeraldina depois de desperdiçar o segundo gol da equipe. Ainda assim, será o principal atacante da equipe hoje. Ele não terá a companhia do meia Bernardo, outro artilheiro do Goiás e que está suspenso.