Em meio à indefinição do calendário do futebol brasileiro, por conta da pandemia do coronavírus, pelo menos por aqui o futebol paranaense ganha apoio de representantes de Athletico e Coritiba para que o Campeonato Paranaense seja paralisado imediatamente.

Após o Atletiba no Couto Pereira, que acabou com a goleada do Coxa por 4×0, o meia Rafinha ressaltou a importância de que não tenham mais partidas, assim como aconteceu em todo o mundo.

“Espero mesmo que parem com o campeonato, que a gente possa se sensibilizar. O mundo inteiro parou e não somos nós no Brasil que vamos ter que continuar jogando com os portões fechados. No próximo jogo, não temos nem ânimo pra jogar”, disse o camisa 7 alviverde, em entrevista à rádio Banda B.

+ Confira como ficou o mata-mata do Paranaense

Quem também manifestou apoio para que o futebol não continue foi o gerente de futebol do Furacão, Paulo André. O diigente afirmou que a prioridade neste momento tem que ser a saúde da população, incluindo dos jogadores e comissão técnica.

“A nossa prioridade é a sociedade. Que a gente faça o possível para que todos possam estar mais protegidos e que a gente ajude a não contribuir com essa propagação do vírus. Pelos movimentos no mundo todo, nos parece mais lógico que as competições sejam paralisadas para que a gente tenha maior atenção e cuidado com a sociedade. Nesse momento a prioridade é que todos possamos contribuir para controlar essa pandemia”, declarou o ex-jogador, em entrevista à rádio Banda B.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já informou que os torneios regidos por ela – Copa do Brasil, torneios sub-17 e sub-20 e séries A1 e A2 do Campeonato Brasileiro Feminino – estão suspensos, sem data prevista para retorno. No entanto, os campeonatos estaduais estão a cargo de suas federações.

Até aqui, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) não se pronunciou sobre o que acontecerá com o Estadual. A expectativa é que até o fim desta segunda-feira (16) seja definido alguma coisa. Se a bola continuar rolando, as quartas de final do Paranaense começam no próximo final de semana.

+ Mais da dupla Atletiba:

+ Após vitória, Eduardo Barroca pede paralisação do Paranaense
+ Eduardo Barros admite culpa em goleada sofrida pelo Athletico
+ Risco de coronavírus: as impressões de um Atletiba silencioso

+ Cristian Toledo: Como fica o futebol paranaense?