Campeão mundial de Fórmula 1 em 2007 e fora da categoria após defender a Ferrari até a última temporada, o finlandês Kimi Raikkonen vai competir pela Citröen no próximo Mundial de Rali (WRC). O anúncio oficial foi feito pela montadora francesa nesta sexta-feira.

Raikkonen, que foi substituído pelo espanhol Fernando Alonso na Ferrari, irá correr em 12 dos 13 eventos do WRC pela equipe Red Bull, time júnior de rali da Citröen. “Por enquanto nós temos um ano de contrato e depois veremos o que acontecerá no futuro”, disse o piloto finlandês em um comunicado oficial.

“Eu estou realmente ansioso para testar o carro e participar de minha primeira corrida pela equipe”, acrescentou Raikkonen, que chegou a participar de uma corrida de rali na Finlândia pela equipe Tommi Makinen Racing, em um carro da Fiat. Na ocasião, pilotou durante uma pausa entre as corridas do Mundial de F-1 e desde então passou a se interessar ainda mais pela modalidade.

“Sempre quis competir no rali, especialmente no Campeonato Mundial, em algum momento da minha carreira. Agradeço muito a Red Bull por me dar a oportunidade de dirigir um dos melhores carros da categoria”, ressaltou o finlandês.

No Mundial de Rali, Kimi vai perder apenas a corrida que será disputada na Nova Zelândia, pois a sua equipe não participa dessa etapa. Seu companheiro de time na Red Bull será o piloto francês Sebastien Ogier.