Quarto colocado no Mundial de Fórmula 1, o finlandês Kimi Raikkonen vem de uma corrida decepcionante no GP da Áustria, no último dia 21, quando se envolveu em um acidente com Fernando Alonso e precisou abandonar a prova prematuramente. Até por isso, o piloto da Ferrari conta com a recuperação no GP da Inglaterra, em Silverstone, que acontece neste domingo.

“É uma nova corrida, um fim de semana diferente. Não importa se você teve um acidente. Obviamente foi ruim para nossa corrida, mas é parte do jogo. Não interfere nesse fim de semana de forma alguma. Já tive acidentes antes e provavelmente vou ter no futuro, você paga o preço quando as coisas não dão certo”, declarou nesta quinta-feira.

Raikkonen tem 72 pontos no Mundial, bem atrás do líder Lewis Hamilton (169), de Nico Rosberg (159) e de seu companheiro Sebastian Vettel (120). O finlandês já abandonou duas provas na temporada e subiu ao pódio em somente uma. O desempenho irregular, no entanto, não mudou sua opinião em relação à evolução do carro da Ferrari do ano passado para este.

“Melhoramos o carro e ainda é um ótimo carro. Provavelmente não rápido o suficiente para desafiar a Mercedes o tempo todo, mas é um carro muito bom e é uma grande evolução do ano passado. As coisas dão errado às vezes, mas não significa que você de repente odeia o carro ou não gosta dos ajustes. É apenas parte do jogo. Como disse, é um bom carro e obviamente ainda queremos melhorar para sermos mais rápidos”, disse.