Kimi Raikkonen minimizou nesta sexta-feira o acidente que sofreu durante o primeiro treino livre do GP da Coreia do Sul. O finlandês rodou na pista e parou no muro de proteção de pneus, mas pôde disputar a segunda sessão do dia normalmente. O piloto acabou sendo o oitavo mais rápido nos dois treinos.

“Obviamente não ajudou muito o fato de eu ter destruído parte do carro nesta manhã. Talvez tenha faltado um pouco de talento naquele momento! Mas não causou tanto dano ao carro e o pessoal conseguiu fazer os ajustes rapidamente”, declarou o finlandês, que danificou a suspensão dianteira no choque.

Após voltar à pista, na segunda sessão, Raikkonen mostrou confiança em sua Lotus. “O carro está bem forte, principalmente nos trechos mais longos, o que é boa notícia para a corrida. Nos trechos mais curtos, não estava tão bom, mas ainda temos tempo para fazer os ajustes necessários”, declarou.