Com uma corrida impecável, o finlandês Kimi Raikkonen conquistou neste domingo, no tradicional circuito de Silverstone, a vitória no Grande Prêmio da Inglaterra. Foi a segunda vitória seguida do piloto da Ferrari – ele é o único a vencer três provas em 2007. O destaque, no entanto, foi o desempenho da outra Ferrari, de Felipe Massa, que deixou o motor morrer na volta de apresentação largou do box e terminou em quinto.

O brasileiro poderia ter até ter terminado em quarto, mas sua reação parou na grande corrida do polonês Robert Kubica, da BMW, que não cometeu erros e segurou a Ferrari nas voltas finais.

Líder do campeonato e largando da pole, o inglês Lewis Hamilton fez uma prova apagada e completou em terceiro – seu nono pódio no ano -, mais de 36 segundos atrás do companheiro de McLaren, Fernando Alonso, que acabou em segundo depois de liderar por boa parte da corrida, devido a uma mudança na estratégia de paradas, na tentativa de diminuir a vantagem técnica da Ferrari.

Com o resultado, Raikkonen roubou o terceiro lugar de Massa na classificação do campeonato. O finlandês soma 52 pontos, um à frente do brasileiro. Hamilton segue liderando, agora com 70 pontos, contra 58 de Alonso.

Barrichello perto dos pontos

Se Massa fez uma corrida notável – ganhou nada menos que 10 posições nas quatro primeiras voltas do GP da Inglaterra -, Rubens Barrichello fez uma prova discreta, largando da 14.ª posição e terminando em nono, a uma colocação de conquistar seu primeiro ponto no ano.

Provas distintas

Com o problema de Massa antes da largada, a prova ficou dividida em duas partes distintas. Enquanto os três primeiros disputavam a vitória e se alternavam na liderança corrida conforme os intervalos para paradas no box – ninguém ultrapassou ninguém -, brasileiro deu um show e superou na pista vários adversários.

Na mais bela das manobras, Massa disputou roda a roda, durante quatro curvas, a 11ª posição com David Coulthard, da Red Bull. Ele conseguiu ganhar a colocação na curva 11 e seguiu ganhando posições e – no intervalo entre as paradas dos adversários – chegou a estar em segundo lugar, antes de seu último pitstop, quando caiu para o quinto lugar, onde terminou.

A Fórmula 1 volta a pista nesta semana, para testes na pista de Spa-Francorchamps, na Bélgica. Os treinos servem como preparação para o GP da Alemanha, que acontece daqui a dois finais de semana (domingo, dia 22), em Nurburgring.

Classificação do GP da Inglaterra:

1. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1h21min43s074
2. Fernando Alonso (ESP/McLaren) – + 2s400
3. Lewis Hamilton (ING/McLaren) – + 39s300
4. Robert Kubica (POL/BMW) – + 53s300
5. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – + 54s
6. Nick Heidfeld (ALE/BMW) – + 56s300
7. Heikki Kovalainen (FIN/Renault) – + 1 volta
8. Giancarlo Fisichella (ITA/Renault) – + 1 volta
9. Rubens Barrichello (BRA/Honda) – + 1 volta
10. Jenson Button (GBR/Honda) – + 1 volta
11. David Coulthard (ESC/Red Bull) – + 1 volta
12. Nico Rosberg (ALE/Williams) – + 1 volta
13. Alex Wurz (AUT/Williams) – + 1 volta
14. Takuma Sato (JAP/Super Aguri) – + 2 voltas
15. Christian Albers (HOL/Spyker) – + 2 voltas