Um fato inusitado ocorreu nesta sexta-feira pela manhã durante o treino realizado pelo Fluminense. Um rato despencou do telhado da arquibancada social das Laranjeiras, sede do clube, e quase acertou os fotógrafos que faziam a cobertura da atividade.

Após cair de uma altura de 8 metros, o roedor ficou durante um tempo no chão, mas depois mostrou que estava vivo ao chegar a dar trabalho a funcionários do Fluminense que sofreram para apanhar o animal.

O ocorrido voltou a colocar em evidência uma reclamação de Muricy Ramalho, ex-técnico do time. Após deixar o clube, no último dia 13 de março, ele reclamou das condições precárias de trabalho nas instalações do Fluminense. O treinador disse que o gramado das Laranjeiras estava provocando lesões nos atletas e também denunciou a existência de ratos nos vestiários do local.

O desabafo de Muricy revoltou dirigentes do clube. Poucos dias depois, porém, o Fluminense chegou a “maquiar” os buracos do gramado das Laranjeiras e chamou um serviço de dedetização para acabar com os ratos do local. Porém, ao que parece, o mesmo não teve o sucesso desejado.