Aliocha Maurício/Arquivo
Rodrigo, goleiro do Real, tem a missão de não deixar a Lusinha fazer gol.

Apenas um jogo movimenta o Paranaense 2008 esta tarde. Em São José dos Pinhais, Real Brasil e Portuguesa tentam se recuperar e deixar um pouco mais longe o fantasma do rebaixamento.

A derrota de 4 a 0 para o Coritiba, na última rodada, deixou o Real na 13.ª posição, com quatro pontos, apenas um à frente da Lusinha, que segura a lanterna. Mesmo assim, o time está só dois pontos atrás do Cascavel, que abre a zona de classificação.

Assim, o time aposta em uma vitória esta tarde, para continuar na briga por um lugar na segunda fase. Apesar do mal resultado contra o Coxa, o técnico Francisco Castão não ficou desapontado com o rendimento do time e deve repetir a escalação.

A Lusinha, que vem de derrota para o Engenheiro Beltrão (0 a 1), conta com a volta do zagueiro Tião, que estava suspenso. O restante da equipe deve ser mantido pelo técnico Israel de Jesus. O lateral Leandro Caniggia continua do departamento médico e desfalca o time mais uma vez.

PARANAENSE 2008

1.ª fase  6.ª rodada

REAL BRASIL x PORTUGUESA

Real Brasil: Rodrigo; Jair, André, Rafael Mineiro e Vinícius; Éder, Rafael Kashima, Michel e Adriano; Anderson Paulista e Leonardo. Técnico: Francisco Castão.

Portuguesa:  Bráz; Flávio, Tião e Rafael Leite; Igor, Fonseca, Ademir, Preto e Rossini; Everton Totó e Ambi (Carreta). Técnico: Israel de Jesus.

Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto.

Assistentes: Paulo Roberto Alves Jr. e Auro Bispo dos Santos.

Local: Municipal do Pinhão (Xingu), em São José dos Pinhais.

Horário: 16h.

Ingressos: R$ 10 arquibancada; R$ 5 meio ingresso