Anderson Tozato
Muita festa no final da partida pra comemorar a vaga na primeira divisão estadual em 2008.

O Real Brasil é o novo integrante da elite do futebol do Paraná. Ontem à tarde, em São José dos Pinhais, a equipe da capital venceu o Toledo por 3 a 1 e vai estrear na primeira divisão em 2008.

Com a vitória, o Real chegou a 10 pontos no quadrangular final da Divisão de Acesso, assegurando um lugar entre os dois primeiros do torneio. No outro confronto da rodada, o Foz do Iguaçu bateu o Francisco Beltrão, também por 3 a 1.

Na próxima quarta-feira, Toledo (8 pontos) e Foz (7) disputam a outra vaga na elite. Para o Toledo, que joga em casa, basta um empate. Já o Real busca o título contra o eliminado Beltrão (3), no interior.

O Estádio Municipal do Pinhão, em São José, foi o palco da festa do Real Brasil. O meia Altair foi o herói da tarde, com dois gols. Aos 26? do 1.º tempo, Cléber fez grande jogada pela esquerda e tocou na medida para o matador, que fuzilou na saída do goleiro.

O Toledo partiu para a reação e chegou ao empate aos 41?, com um golaço de Rodrigo Crasso.

O lateral-esquerdo, que pertence ao Atlético, recebeu passe de Diego e mandou uma bomba da entrada da área, sem chances para o goleiro João Daniel.

O jogo seguiu equilibrado até os 33? do segundo tempo, quando Cléber aproveitou um contra-ataque e bateu forte.

A bola ia para fora, mas o iluminado Altair desviou e mandou para a rede, colocando o Real de novo na frente.

A festa ficou completa aos 46?. Em mais um rápido contra-golpe, Leonardo avançou livre, esperou o goleiro sair e sacramentou a vitória por 3 a 1. Foi o 13.º gol do atacante na competição, empatando na artilharia com Baby, do Beltrão.

No ano que vem, o Real Brasil será o quinto representante de Curitiba na elite estadual, ao lado de Atlético, Coritiba, Paraná e J. Malucelli. A equipe também conquistou uma vaga na Copa Paraná, que começa em julho. Chance de brigar por um lugar na Copa do Brasil de 2009 e na Série C do Brasileirão.

Jogadores desabafam após a conquista

Com a missão na Divisão de Acesso cumprida, os jogadores do Real Brasil comemoraram em tom de desabafo. ?Ninguém acreditava em nós. Tivemos que lutar muito na primeira fase. A equipe mostrou que é unida e conseguiu a vaga num jogo muito difícil?, festejou o meia Altair.

Para o técnico Ademar Scarpellini, dois fatores foram fundamentais para o Real chegar à primeira divisão. ?A união do grupo foi fundamental e também tivemos um grande plantel a disposição. Quando tivemos que substituir dois ou três jogadores, a qualidade da equipe não foi prejudicada?, elogiou. O treinador já pensa em novas conquistas. ?Agora, queremos o título. Vamos em busca de uma vitória contra o Francisco Beltrão. E também já começamos a nos preparar para a Copa Paraná?, afirmou Scarpellini.

Outra desafio para o Real vai ser manter o elenco que garantiu a inédita vaga na elite estadual. Altair, herói do jogo de ontem, já estuda proposta de outros clubes e vai definir seu futuro na semana que vem. Quem também pode estar de saída é o artilheiro Leonardo.