Divulgação
20 pilotos participam do desafio.

Um grupo de 20 pára-quedistas de todo Paraná bateu o recorde estadual de maior formação em queda livre, em Boituva (SP), no Centro Nacional de Pára-quedismo(CNP), saltando de dois aviões Cessma Caravan. O recorde anterior era de 3 de julho de 2004, quando 15 pára-quedistas saltaram em Cascavel (PR), de um avião C-130 Hercules.

A Federação Paranaense de Pára-quedismo (Fepar) vinha buscando reunir um grupo capaz de estabelecer esse novo recorde desde 2006. Mas além da logística necessária, a entidade encontrou dificuldade também para encontrar pára-quedistas qualificados para executar a formação.

De acordo com Emerson da Cruz, pára-quedista experiente com mais de 750 saltos e responsável pelo comando da formação no ar, o grupo estava determinado a quebrar esse recorde.

O organizador do salto é Pedro Hilu, que foi o ?load organizer?, criando o desenho a ser formado e orientando os atletas em todos os passo a serem dados, desde a entrada no avião até o último pára-quedista ser gripado. A equipe estava formada ainda pelos câmeras e fotógrafos Alex Adelman e Anderson Molina, mais os pilotos dos aviões, Moisés e Normal.

Os autores dessa façanha são: André de Paula Soares (Curitiba); Claussius Sgarbi (Curitiba); Emerson Plaeir da Cruz (Curitiba); Erlon Pereira (Curitiba); Fábio Pelayo (Londrina); Flávio Gerônimo Lorensi (Cascavel); Joenil Damásio (Cascavel); Jonas Pinheiro (Cascavel); Laércio Gomes (Londrina); Lúcio Stocco (Curitiba); Luiz Carlos Vieira (Arapongas); Marcelo Baroni (Cascavel); Paolo Posser Fumagali (Marechal Candido Rondon); Renato Rodrigues de Freitas (Londrina); Robson Kossatz (Curitiba); Robson Sanches (Londrina); Rogério D. Gomes Santos (Curitiba); Ronaldo Tkotz (Londrina); Thiago Peretti (Curitiba); e Vitor C. Tomarozzi (Londrina).