Recuperado de contusão no tornozelo esquerdo, o volante argentino Guiñazu treinou normalmente nesta sexta-feira e confirmou seu retorno ao time do Inter que entra em campo no domingo, para enfrentar o Prudente, no Beira-Rio, pelo Brasileirão. Ele está sem jogar desde a final da Libertadores, realizada no dia 18 de agosto, quando o clube gaúcho conquistou o título diante do Chivas.

Liberado pelos médicos, Guiñazu está à disposição do técnico Celso Roth e não esconde a ansiedade para jogar novamente. “Estava já nevoso de ficar fora, até mesmo dos treinos. Senti saudades das viagens também. Graças a Deus que voltei a trabalhar com o grupo. Estou muito feliz”, afirmou o volante. “Estou pronto. Não senti nada do treino e agora fico pelo pensamento do professor.”

Roth ainda não confirmou, mas deve escalar Guiñazu contra o Prudente. Outro que volta ao time é o zagueiro Bolívar, que cumpriu suspensão na rodada passada. Enquanto isso, o meia D’Alessandro, na seleção argentina, e o atacante Alecsandro, contundido, são desfalques certos. Já o zagueiro Índio e o meia Tinga, ambos poupados do treino desta sexta-feira, não preocupam para domingo.