O Paris Saint-Germain terá um importante reforço na disputa por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. O zagueiro Thiago Silva se recuperou de uma lesão na coxa e está confirmado para a partida de volta das oitavas de final diante do Valencia, nesta quarta-feira, no Parc des Princes.

O brasileiro não atua desde o dia 11 de janeiro quando sofreu a contusão na perna esquerda diante do Ajaccio, no jogo que marcou a estreia de Lucas pelo PSG. Com a liderança de quem vinha atuando como capitão, ele promete voltar para “trazer um pouco de tranquilidade” à equipe.

O retorno do jogador foi muito comemorado pelo técnico Carlo Ancelotti, que exaltou a qualidade do brasileiro como zagueiro, mas também fez questão de elogiar sua liderança. Segundo o treinador, Thiago Silva é capaz de fazer o Paris Saint-Germain atuar mais como equipe.

“Ele é um grande jogador, estou feliz que ele esteja de volta em perfeita forma física. Espero poder usar suas qualidades individuais e também a capacidade dele de melhorar nosso jogo como equipe. Quando o PSG joga como um time, como fez na partida de ida, é muito perigoso”, comentou.

Thiago Silva volta em um momento de oscilação da equipe. Apesar da vitória por 2 a 1 na partida de ida contra o Valencia, fora de casa, que dá a vantagem de poder perder por 1 a 0 em casa, o time francês perdeu no sábado para o Reims, que atuou quase o segundo tempo inteiro com um jogador a menos.

Para o zagueiro brasileiro, esta queda de produção no Campeonato Francês é natural pela importância dada pelo clube à Liga dos Campeões. “A Liga dos Campeões sempre faz com que você esteja 100% focado, o que nem sempre acontece no Campeonato Francês.”