Depois de uma passagem frustrante pelo Cruzeiro, no qual disputou apenas seis jogos e não fez nenhum gol, o atacante Brandão foi oficialmente apresentado nesta sexta-feira, no Olímpico, como novo reforço do Grêmio. O jogador desembarcou pela manhã em Porto Alegre, realizou exames médicos e assinou contrato para defender o time gaúcho até junho de 2012.

No Grêmio, Brandão espera começar uma nova fase de sua carreira depois de ter deixado o Olympique de Marselha, clube que detém os seus direitos econômicos, pela porta dos fundos, antes de fracassar na equipe mineira. O jogador saiu do time francês após a revelação de um escândalo sexual, no qual ele foi acusado de estupro.

O jogador, porém, nega que tenha deixado o Cruzeiro tão rapidamente por causa do seu comportamento fora de campo, que teria motivado a sua saída do clube. “Tive uma lesão na coxa quando cheguei da França e recebi poucas oportunidades de jogar. Hoje estou feliz aqui e espero dar alegrias à torcida do Grêmio. Sou um jogador com muita força, raça e presença de área”, enfatizou Brandão, em sua apresentação oficial.

Aos 31 anos de idade, Brandão defendeu clubes do interior paranaense e o São Caetano antes de se transferir para o futebol europeu, onde atuou por Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e depois pelo Olympique de Marselha. E ele é o primeiro reforço contratado pelo Grêmio desde que o clube anunciou Paulo Pelaipe como seu novo diretor executivo, no início desta semana.

E, apesar da crise vivida no Campeonato Brasileiro, no qual o Grêmio ocupa a 15.ª posição, Brandão aposta que o time poderá brigar até pelo título. “É como eu digo, cada jogo é uma final. Já conhecia alguns jogadores, cumprimentei todo mundo aqui, agora é lutar para chegar ao topo e garantir a vaga na Libertadores ou até vencer o Brasileirão”, reforçou.