O volume de contratações fez o Paraná Clube quebrar o protocolo. O zagueiro Leandro e o atacante Cristiano, cedidos por empréstimo pelo J. Malucelli, foram apresentados antes mesmo da publicação de seus nomes no BID.

Ontem também houve a apresentação oficial de Samuel, zagueiro que chegou ao clube no início do mês. Até amanhã, o clube espera definir os outros reforços: o goleiro Mauro, o lateral Fabinho, o volante Pituca e os atacantes Ricardinho e Schwenck.

“Estamos definindo alguns detalhes quanto aos jogadores do Goiás. Os demais já estão certos”, disse o presidente Aurival Correia, que ao lado do diretor de futebol Paulo Welter, encaminhou todas essas transações.

As pendências envolvem apenas Pituca e Schwenck, mas todos esperam que tudo esteja resolvido até a manhã de hoje. “Conversei com o Hélio dos Anjos e o Róbson Gomes. Recebi boas informações quando à condição física desses jogadores, que serão úteis”, analisou Comelli.

Fabinho, que também estava no Goiás, chegou ontem à tarde em Curitiba e hoje passa pelos exames de rotina, antes de assinar contrato. O mesmo vale para Mauro.

Já Ricardinho participou normalmente dos treinos físicos de ontem e deverá estar presente no coletivo desta tarde. Mauro e Ricardinho trabalharam com Comelli no Marília.

Cristiano, independente do momento delicado do clube, disse estar muito feliz com o retorno ao clube. Em 2006, o jogador chegou para compor o elenco e acabou virando um dos destaques do time de Caio Júnior, que conquistaria uma das vagas à Libertadores da América.

“Fui muito feliz e espero repetir a dose. Sei que o momento é outro. As dificuldades existem, mas quero ajudar a tirar o clube dessa”, comentou o atacante, que pode voltar a formar dupla, dentro de algumas rodadas, com Leonardo, como há dois anos. Já os zagueiros Leandro e Samuel querem aproveitar a chance para projetar seus nomes no mercado nacional.