O goleiro Renan foi barrado pelo técnico Tite, depois de falhar nas últimas partidas do Corinthians no Brasileirão. Contratado pelo clube no começo de junho, o jovem de 20 anos amargou derrotas contra Cruzeiro e Avaí desde que virou titular. E também teve momentos ruins na vitória sobre o lanterna América-MG.

“Ele não teve o tempo ideal para preparação, não foi o tempo adequado para se habituar a um grande clube, como é o Corinthians”, afirmou Tite, ao justificar a sua decisão de barrar Renan, que veio do Avaí. “Foi retirado da equipe pela condição técnica e aspecto do momento.”

Como o titular Júlio César ainda está se recuperando de luxação no dedo mínimo da mão esquerda, Tite teve de recorrer ao terceiro goleiro do elenco: Danilo Fernandes. Assim, o garoto de 23 anos fará sua estreia no time profissional do Corinthians na partida de domingo, contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Apesar da decisão anunciada nesta sexta-feira, Tite fez questão de sair em defesa de Renan. “Ele é um grande goleiro, mas vai ser preparado para retornar ao time no momento certo. Ele tem condição de absorver isso. É matar no peito e dar a volta por cima”, avisou o treinador.

Tite também tentou passar confiança para o novo goleiro do Corinthians. “O momento é do Danilo. O estágio do Danilo também está bom”, disse o técnico, que não quis adiantar se fará outras mudanças para o jogo de domingo, quando o time tentará manter a liderança do Brasileirão.