Enfrentar um time que briga pelas primeiras posições no Campeonato Brasileiro é tarefa ainda mais difícil quando a necessidade de vitória é vital. Assim, para não perder mais uma oportunidade de buscar a reabilitação, o técnico Antônio Lopes vai deixar o Atlético mais defensivo no jogo de amanhã, contra o Flamengo, em Macaé (RJ).

Para a vaga de Cléber Santana, expulso na rodada passada, o treinador escolheu Renan Foguinho, que tem mais poder de marcação para ajudar a segurar a dupla Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho.

”É um jogador que eu gosto, que marca bem e a gente precisa de mais marcação no meio-campo. Ele marca bem e tem saída boa de bola”, explicou o Delegado. Fransérgio chegou a treinar com o time titular no coletivo de ontem, mas apenas em substituição a Deivid, que foi poupado e que está garantido por Lopes no jogo de amanhã. “O Deivid foi poupado porque tomou uma pancada no jogo com o Palmeiras e não iria colocá-lo para trabalhar nesta parte tática, por causa dos encontros, e ele poderia tomar outra pancada”, disse o treinador.

O ataque também terá novidades. Rodriguinho ganha nova chance entre os titulares e jogará ao lado de Guerrón. Ele substituirá Adaílton e, segundo o Delegado, ganhou vaga por ter mais experiência.

“O Rodriguinho fez bons treinamentos desde antes do jogo com o Palmeiras. O Adaílton foi bem, mas estou preferindo colocar o Rodriguinho, porque é mais experiente que o Adaílton e é um jogador mais rodado”, complementou Lopes.