Um dia após ser aprovado nos testes físicos, o meia Renato Augusto afirmou que enfrentará um novo obstáculo em seu processo de recuperação: o medo. O jogador do Corinthians admite que terá dificuldade no retorno aos gramados, que deverá acontecer logo na decisão da Recopa Sul-Americana, contra o rival São Paulo.

“É difícil. Claro que sinto certo receio, certo medo de esticar a perna e chutar para o gol, mas esse medo você perde chutando, jogando, esticando. É o que estou procurando fazer nos treinamentos”, afirmou o meia. “Menos mau que foi a perna direita, minhas outras lesões tinham sido na perna esquerda. Talvez eu até tenha dado uma atenção especial demais à perna esquerda”

Renato Augusto completará três meses de ausência quando retomar os jogos, em julho. Ele desfalcou o Corinthians na Copa Libertadores e nas primeiras rodadas do Brasileirão por causa de uma grave lesão muscular na coxa direita, sofrida em partida contra o Guarani, pelo Paulistão.

Mesmo com medo, o meia garante estar motivado para voltar logo em um clássico decisivo. “Meu foco principal agora é ficar pronto para o jogo contra o São Paulo”, disse, referindo-se ao jogo do dia 3 de julho. “Vim para ganhar títulos, marcar meu nome na história do clube. Vou correr atrás do tempo perdido, correr atrás dos três títulos que podemos buscar neste ano.”