O meia Renato Augusto afirmou nesta quinta-feira que os treinos extras foram determinantes para que ele recuperasse sua melhor forma e reassumisse uma vaga de titular do Corinthians. Por conta da série de lesões que atrapalhou sua carreira, o jogador revelou que é o primeiro a chegar e último a sair do centro de treinamento do Corinthians.

“Procuro chegar 40 minutos antes do início do treino e vou embora 1 hora depois. No pós-treino, faço fisioterapia e manutenção”, afirmou Renato Augusto. “Às vezes, fico cansado, mas vou continuar fazendo isso para o resto da minha carreira. As dores sumiram.”

Neste ano, Renato Augusto não sofreu nenhuma lesão séria. E ele não sente mais as dores crônicas no joelho direito que atrapalharam seu desempenho no início do Campeonato Brasileiro. “Agradeço ao trabalho do Bruno Mazziotti (fisioterapeuta), do (Joaquim) Grava (médico) e de todo o departamento médico do clube. O trabalho em conjunto deu certo”, contou.

Após a vitória por 3 a 1 contra o Bragantino, na noite de quarta-feira, pela Copa do Brasil, o Mano Menezes elogiou Renato Augusto, que foi grande nome do jogo. O técnico disse que o jogador está melhor fisicamente, aguenta jogar noventa minutos e está mais confiante.

“Nem passa mais pela minha cabeça sofrer outra lesão e ficar fora de um jogo”, disse o jogador. É um cenário bem diferente daquele vivido ano passado, quando ele sofreu três contusões graves numa única temporada.

Renato Augusto será mantido como titular no jogo deste domingo contra o Criciúma, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Como o time está ainda mais desfalcado, ele deve ter a companhia de Jadson no meio. Suspenso, Luciano é desfalque. Assim, o ataque será formado por Romarinho e Romero.