O técnico Renato Gaúcho comandou na manhã desta quarta-feira, no Luiz Carvalho, em Porto Alegre, o último treino do Grêmio visando a partida desta quinta, contra o São Paulo, às 19h30, no Morumbi, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o treinador deixou o mistério de lado ao já definir a equipe titular gremista.

Neste duelo, o comandante não poderá contar com o zagueiro Kannemann, que cumpre suspensão, mas terá o retorno do lateral Edilson, liberado para atuar após obter efeito suspensivo. Penalizado com cinco jogos de gancho pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por agressão cometida no último Gre-Nal, o atleta já cumpriu duas partidas de punição e agora poderá atuar após o departamento jurídico conseguir a sua liberação.

Sem Kannemann, Wallace Reis ganhou um lugar na zaga titular ao lado de Geromel. Assim, Renato deve mandar a campo o seu time no Morumbi com Marcelo Grohe; Edilson, Geromel, Wallace Reis e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro e Douglas; Pedro Rocha e Luan.

Com a cabeça na final da Copa do Brasil, o time gremista chegou a treinar pênaltis na atividade realizada na manhã desta quarta. O primeiro jogo da decisão contra o Atlético-MG será no próximo dia 23, em Belo Horizonte, enquanto a partida de volta acontecerá uma semana depois, em Porto Alegre.

O Grêmio ocupa a nona posição do Brasileirão, com 49 pontos, e tenta voltar ao G6 da tabela para aumentar as suas chances de disputar a Copa Libertadores de 2017. Porém, o time também sabe que o título da Copa do Brasil lhe garantirá uma vaga na competição continental.