O zagueiro Renato Silva será julgado nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por sua expulsão diante do Flamengo, e está otimista quanto a suas chances de escapar de uma punição. “Não fiz nada demais, foi só uma falta, um puxão”, afirmou o jogador.

Renato Silva já tinha cartão amarelo, e levou o vermelho ainda no primeiro tempo por puxar Zé Roberto pela camisa, impedindo um contra-ataque do Flamengo. O excesso de punições, inclusive, já foi motivo de queixas do técnico Ricardo Gomes. “Precisamos terminar os jogos com 11 jogadores”, disse o treinador.

A presença de Renato Silva é importante para Gomes definir o time, já que outro zagueiro titular, André Dias, sente dores musculares na coxa direita e corre o risco de ficar de fora da partida. Denunciado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), “ato desleal”, Renato Silva pode pegar até três jogos de suspensão.