O 1º turno do Campeonato Paranaense acabou no domingo, mas ainda vai render muita conversa. De olho no que aconteceu, o Paraná Online separou alguns tópicos do que foram os 66 jogos do campeonato. A avaliação é que foi uma fase bem disputada do Estadual. O Atlético assegurou vaga antecipada na final, mas clubes e jogadores do interior também conseguiram marcas expressivas. Sem contar que Coritiba e Cianorte entram invictos no returno. Confira:

Furacão 2012

O Atlético, campeão do 1º turno, é o time com mais vitórias no campeonato: oito vezes, uma a mais que os ainda invictos Coritiba e Cianorte.

Campeão de público

O Coritiba teve disparado os melhores públicos do campeonato, com média de 8.488 em seis jogos. É mais que o dobro do Arapongas, vice em torcida, com média de 3.631. O Atlético, que neste ano já mandou partidas no Janguito Malucelli, na Vila Capanema e no pontagrossense Germano Krüger, vem na sequência, com média de 2.901 pessoas por jogo.

Juiz mais presente

Considerado o principal árbitro do futebol paranaense em atividade, Heber Roberto Lopes foi o que mais apitou partidas no 1º turno do Estadual 2012. O londrinense foi escalado para os seguintes jogos: Arapongas 1 x 1 Roma Apucarana, Coritiba 2 x 0 Corinthians Paranaense, Atlético 4 x 0 Toledo, Corinthians Paranaense 0 x 0 Cianorte e Atlético 0 x 0 Coritiba.

Artilheiros do interior

Nas primeiras posições da artilharia do campeonato, somente o atleticano Bruno Mineiro, com 8 gols, pertence a um time da capital. Henrique (foto), do Cianorte, balançou as redes o mesmo número de vezes. Na sequência aparecem Leo Itaperuna, do Arapongas, com 6 gols; Diego, do Toledo; Edson Paraíba, do Iraty, e Baiano, do Operário de Ponta Grossa, têm 5 gols cada.

Rodada dos visitantes

Quem jogou fora se deu bem na 7.ª rodada. Nenhuma equipe local venceu, sendo que somente dois jogos terminaram empatados. Um deles foi Coritiba 1 x 1 Rio Branco. O outro foi Toledo 0 x 0 Londrina.

Times de ponta

Quatro equipes ocuparam ao menos uma vez a liderança do 1.º turno do Campeonato Paranaense. O Atlético, campeão, esteve na ponta quatro vezes, em número igual ao do Coritiba, vice. Por duas rodadas, quem teve o gosto da primeira posição foi o Cianorte. O outro time que liderou o campeonato foi o Corinthians Paranaense, mesmo que na 1.ª rodada, com o desempate por saldo de gols.

Rede estufada

A 11.ª rodada foi a que teve mais gols no 1.º turno – um total de 23. Dois jogos nesse final de semana terminaram com goleada por 5 x 0.

Dança dos técnicos

Cinco equipes já trocaram de treinadores no decorrer do turno inicial. O primeiro a sair foi Lio Evaristo, que comandou o Rio Branco por três jogos, mas após a 5ª rodada acabou repatriado ao campeonato pelo Operário. O último a deixar o cargo foi Pedro Caçapa, do Roma Apucarana, depois da 10ª rodada. Também saíram Itamar Bernardes, do Paranavaí; Rodrigo Casca, do Iraty, e Carlos Paiva, do Operário.

Torcida presente

18.307 pessoas passaram pelas bilheterias nos seis jogos da 3.ª rodada do 1.º turno, a que mais teve presença de público nos estádios. O total de pagantes no campeonato até o momento é de 138.803.

Time da virada

Das quatro vezes que o Rio Branco de Paranaguá conseguiu a vitória, em três ocasiões o Leão da Estradinha começou atrás no marcador e foi buscar a reação.

Palco do campeonato

<,p>Das 11 rodadas, em somente duas não houve jogos no Ecoestádio Janguito Malucelli, o local que mais recebeu partidas do Estadual 2012. Ao todo, foram seis mandos do Corinthians Paranaense e três do Atlético.

Goleador de um jogo só

O atacante Diego marcou 3 gols na vitória do Toledo sobre o Iraty, fora de casa, por 5 x 0.