Bom programa foi organizado para a noite de amanhã no Jockey Club, esperando-se que o movimento de apostas ultrapasse a soma de 160 mil reais, apesar de o índice financeiro da reunião anterior, também com bom programa, ter sido decepcionante.

O Clássico ABCPCC, Criterium Paranaense, que reúne seis bons produtos da nova geração, é uma das atrações. Krystal Glory, que estreou com vitória sensacional, em 1.100 metros, mesmo em 1.500 metros pode conseguir nova vitória. Desta vez, porém, a defensora de Gianni Franco Samaja enfrentará adversários de maior categoria, entre os quais o excelente potro Byzantium, que venceu fácil em suas duas primeiras apresentações. Belgian Blue e Best Luck, aparentemente, são as diferenças dos favoritos.

Outra boa atração da noite de amanhã será a Prova Especial Inverno. Na distância de 1.600 metros, animais de boa categoria poderão proporcionar difícil decisão. Nikkey, que vem de boa vitória, surge como provável favorito, mas não está absoluto. Marco di Colony poderá suplantar o pilotado de Jair Jesus, especialmente se o defensor do Haras Belmonte não conseguir folgar na frente. Hio Verde, Invited Guest e a parelha Roaming-Sky/Possible Love também podem brigar pelas primeira posições.

Outros páreos

Orsetta, mais aguerrida do que seus principais adversários, pode vencer a prova de abertura, mas as estreantes Brisandina e Xiririca da Serra são perigosas adversárias, podendo qualquer uma delas derrotar a pilotada de André Luiz Matos.

Três animais apresentam-se como forças da segunda prova da noite de amanhã: Baby Gleamy, Xin-Lo e Gazapa, tudo fazendo crer que a decisão não será fácil. Entre os demais consideramos Lampeggio o mais perigoso.

Last Won, que na última só perdeu no final, atuará com muita chance de vitória na terceira prova, mas terá que correr muito para derrotar Rock Creek, Pazzle e Halo Champion, que também figuram com chance.

Annie’s Boy e Vermentino podem decidir a quarta prova, figurando a dupla como indicação mais segura. Dono da Noite, Alternador e Escaparella, pela ordem, figuram num plano imediato.

Baronette, cuja estréia não foi normal, pode vencer o sétimo páreo, figurando num mesmo plano de Indy Anna, que vem de bom segundo. Beautiful Kid, Bigorrilho e a parelha Ilho/Irremediável são pela ordem as forças imediatas.

A penúltima prova, reservada para produtos de dois anos, promete movimentada decisão. Gostamos de Xauã Amazonina, figurando a dupla como indicação mais difícil. Chucker Out, Punta di Leste, Oxygéne e Packwood podem ser as diferenças da pilotada de Emerson Gonçalves Cruz.

A prova de encerramento figura como uma das mais equilibradas do programa. Nestas primeiras considera-ções, vamos destacar Tenko, Prince Avenue, Jaspion Cateto, Otter Rock e a parelha Annessy/Anchors Away.