A Espanha tem, indiscutivelmente, o melhor time do mundo na atualidade. E a renovação também parece estar muito bem encaminhado. A equipe espanhola sub-21 vem fazendo campanha perfeita no Europeu da categoria. Até agora foram quatro jogos, quatro vitórias, oito gols feitos, nenhum sofrido. A final, em Jerusalém, é nesta terça, contra a Itália.

Apesar da presença de jogadores de bastante futuro como De Gea (Manchester United), Montoya, Bartra, Tello, Thiago Alcântara (todos do Barcelona), Morata (Real Madrid) e Rodrigo (brasileiro naturalizado do Benfica), ninguém brilha mais do que Isco, do Málaga.

O garoto já foi eleito o melhor de duas partidas, deu um elástico que rodou o mundo na estreia contra a Rússia e fez um golaço na semifinal contra a Noruega. Comparado a Iniesta, de quem se diz ídolo, o jogador de 21 anos está na mira do Manchester City e do Real Madrid, conforme ele confirmou ao jornal AS, em entrevista publicada nesta segunda-feira.

“(As propostas) são dois temas que estão em cima da mesa. Espero decidir logo porque tenho contrato com o Málaga. Tenho claro que tanto o City quanto o Real são dois grandes clubes. Quero que o que acontecer seja o melhor possível para mim e para o Málaga”, disse ele.

O jogador revelou que tem ouvido de Carvajal e Morata, seus companheiros de quarto na concentração da Espanha Sub-21, muitos pedidos para que vá ao Real Madrid, mas o Manchester City tem um grande trunfo: o técnico Manuel Pellegrini, recém-contratado, que treinava Isco no Málaga. “Já o conheço, sei que como trabalha, e ele foi fundamental na minha carreira. É um ponto a favor, mas não é nada definitivo.”

Sobre as justas comparações com Iniesta, Isco se derreteu em elogios ao jogador com quem logo formará o meio-campo da seleção principal da Espanha. “Iniesta deu inteiramente à Espanha, é um grandíssimo jogador, com muita qualidade e muito talento. E que fez gols decisivos. É um grande. Eu tenho que dar meus passos e seguir com humildade. Simplesmente isso.”