O zagueiro Réver, capitão do Flamengo, pediu nesta segunda-feira – em entrevista coletiva após o treino da equipe no CT George Helal, no Rio – atenção aos companheiros no duelo contra o Palestino, do Chile, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Santiago, na primeira partida entre as equipes pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O defensor também rechaçou a ideia que o time brasileiro seja favorito no confronto.

“Nós só somos favoritos mostrando isso dentro de campo. No papel, ninguém vence jogo, independentemente de ter um time forte ou não. Tanto que, há duas, três rodadas atrás, o Flamengo era um dos piores times de acordo com muita gente. Agora, muitos estão mudando de opinião. Portanto, precisamos ficar calados e trabalhar em busca dos nossos objetivos. Apenas assim chegaremos aos tão sonhados títulos com a camisa do Flamengo”, frisou o jogador.

Em 2016, o time chileno eliminou o Flamengo na fase de oitavas de final da mesma competição. Os brasileiros haviam vencido o duelo como visitantes por 1 a 0, mas perderam o jogo da volta, disputado em Cariacica, no Espírito Santo, por 2 a 1, deixando o torneio pelo critério do gol sofrido fora de casa. Neste ano, o clube carioca entra na Copa Sul-Americana depois de ter sido eliminado precocemente da Copa Libertadores.

A delegação do time rubro-negro seguiu viagem para o Chile nesta segunda-feira sem a presença de alguns titulares. O técnico Zé Ricardo decidiu utilizar um time alternativo para a partida. O zagueiro Réver entende que a estratégia de poupar atletas é necessária devido à desgastante sequência de jogos que o grupo está sendo submetido nesta temporada.

“Há jogadores que vêm tendo uma sequência muito grande, o desgaste é inevitável mesmo que você esteja bem fisicamente. Viemos de um jogo muito pesado contra o São Paulo, com o campo pesado, então você acaba sentindo um pouco mais. De repente, o Zé (Ricardo) até gostaria de contar com esses atletas, mas o pessoal da fisiologia pode ter visto alguma alteração. É importante poupar para que não percamos jogadores importantes”, analisou o capitão.

Entre as principais ausências na relação de jogadores anunciada para o embate contra os chilenos estão os meias Diego e Conca, o atacante Paolo Guerrero e os zagueiros Rhodolfo e Juan.

Confira a lista dos relacionados para enfrentar o Palestino:

Goleiros – Thiago, Muralha e Cesar

Zagueiros – Réver, Rafael Vaz e Léo Duarte

Laterais – Renê e Rodinei

Meias – Cuéllar, Willian Arão, Romulo, Mancuello, Everton, Everton Ribeiro

Atacantes – Vinicius Júnior, Felipe Vizeu, Paquetá, Berrío, Leandro Damião e Gabriel