Com a liderança garantida desde a quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Botafogo começa a se complicar na competição após a derrota de sábado para o Santa Cruz, no estádio do Arruda, no Recife, por 1 a 0 – gol de Grafite. Após o jogo, o técnico Ricardo Gomes reconheceu a falta do último passe e a fragilidade com o gol sofrido. E alertou a equipe, que agora ocupa a quarta posição. “Nossa gordura já foi queimadíssima. Temos que voltar a marcar gols. Isso é para ontem”, disse o treinador.

Para o técnico, o Botafogo tem de voltar a vencer o mais rápido possível para se recuperar e não perder o contato com o bloco de cima da tabela de classificação. “O mais importante é recuperar o bom futebol. A colocação está de acordo com o bom futebol. Temos que voltar a ganhar jogos. Mas sem bom futebol, não dá para fazer”, afirmou.

Sobre o jogo, Ricardo Gomes reclamou da falta de capricho no último passe dos jogadores de sua equipe. “Estávamos bem até o último terço do campo, mas faltou o último passe. Isso foi determinante. Não dá nem para falar da finalização, porque faltou esse último passe”, ressaltou. “No primeiro tempo fomos bem, mas faltou inspiração na parte final. No segundo tempo, tudo poderia acontecer. Depois do gol, perdemos organização, demoramos a nos reencontrar e só no final voltamos para o jogo. Ficamos 30 minutos sem oferecer perigo para o Santa Cruz”, advertiu o técnico da equipe carioca.

Mas Ricardo Gomes também mostrou confiança com relação ao padrão de jogo do Botafogo, que pode representar a recuperação nos próximos jogos. “Já temos jogo na terça (contra o ABC, no Rio). Então teremos muito papo e pouco treino porque não teremos muito tempo. Mas pelo o que eu vi nos primeiros 45 minutos (contra o Santa Cruz), estou confiante de que vamos encontrar uma maneira de jogar e ganhar, dentro de dois ou três jogos”, concluiu o treinador.