O técnico Ricardo Gomes tratou de minimizar a pressão sofrida nos últimos dias por conta da sequência de resultados negativos e garantiu que não teme a possibilidade de ser demitido pela diretoria do São Paulo. O treinador disse que a situação adversa não o incomoda e prometeu superar o momento turbulento.

“A pressão faz parte da minha vida, não é uma coisa que me incomode. Não tenho medo. Você tem de encontrar a maneira de evoluir, já na zona de conforto não. Futebol é confiança e os resultados são importantes”, afirmou Ricardo Gomes, que voltou a ter o trabalho questionado após três tropeços seguidos no Campeonato Brasileiro.

Apesar da sequência negativa, Ricardo Gomes decidiu poupar os titulares no clássico contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro, e deve escalar apenas Rogério Ceni, já que o São Paulo enfrentará o Internacional na próxima semana. “Estou aqui pois temos de voltar a focar na Libertadores”, justificou.