A maior dúvida da escalação do São Paulo para o jogo de sábado, contra a Ponte Preta, é em relação a quem vai compor a dupla de zaga com Rodrigo Caio. O técnico Ricardo Gomes faz mistério, até comandará um treino fechado nesta sexta-feira, e por enquanto evita dar indícios de quem estará em campo. Concorrem diretamente Lyanco, Douglas e Lucão.

A chance maior está com Lyanco, que foi revelado pelo clube, já atuou como titular algumas vezes e é tido no Morumbi como uma grande promessa. Pesa contra o jogador algumas falhas em partidas importantes, que fizeram a torcida ficar com um pé atrás. “É difícil jogar no São Paulo. A defesa está bem e isso é bom para o clube”, explicou.

Já Douglas foi uma aposta da diretoria. Contratado no meio da temporada, ele ainda não estreou, mas foi comandado por Ricardo Gomes quando o treinador estava no Vasco. Experiente, ele vive a expectativa de fazer sua estreia no São Paulo. “O Ricardo já me conhece e, por ter sido zagueiro, sabe montar muito bem uma defesa”, comentou.

Correndo por fora está Lucão, jogador com mais partidas entre os três no time principal e que perdeu espaço nos últimos meses. O momento ruim custou sua presença mais constante na equipe e também sua convocação para os Jogos do Rio, pois tinha sido chamado em quase todo o ciclo olímpico, mas acabou ficando fora. Para piorar, virou moeda de troca na contratação de Maicon, do Porto.

Além de definir o zagueiro titular, Ricardo Gomes deve colocar Wesley na lateral direita, no lugar do suspenso Buffarini, e vai decidir como montará o ataque. O garoto David Neres, que entrou muito bem contra o Fluminense, pode ganhar uma chance de começar jogando.