Ricardo Oliveira foi o nome da vitória do Atlético Mineiro sobre o Santos. Destaque da partida, o artilheiro mostrou que a “lei do ex” não falha e marcou dois gols da vitória atleticana por 3 a 1, em partida válida pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileirão, disputada neste domingo, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Em 37 jogos no ano, Ricardo Oliveira marcou 18 gols e assume a vice-artilharia do Brasileirão, com nove. Questionado sobre o bom desempenho aos 38 anos, o centroavante citou o trabalho físico e mental para superar as dificuldades da idade. “Sou trabalho puro. Sou um cara de muita fé, não desisto nunca, jamais vou deixar de acreditar no meu potencial, no que sou capaz. Exercito o físico e o mental pra superar as dificuldades da idade. Ela não me afeta em nada”.

Durante a entrevista coletiva de imprensa, Ricardo Oliveira comemorou a vitória contra o Santos e falou ainda sobre o apoio da torcida. “Tenho que ressaltar o apoio do torcedor, que compareceu em massa. A gente sabia que estava em dívida com eles. Vieram, incentivaram, cobraram, faz parte da história desse clube. Demos para eles um ótimo domingo. Foi uma vitória importante e, agora, é aproveitar a família”, disse.

Com 30 pontos, a vitória sobre o Santos deu fôlego ao Atlético Mineiro na briga pelos primeiros lugares da tabela de classificação do Brasileirão. Na próxima rodada, o adversário será o Botafogo, às 16 horas do próximo domingo, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.