O polivalente Richarlyson, que joga tanto como volante quanto como lateral, passou nesta terça-feira por uma cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Segundo o Atlético-MG, a operação foi um “sucesso” e o jogador receberá alta hospitalar já nesta quarta.

Por causa da grave lesão, sofrida durante um treino no começo da semana passada, Richarlyson ficará cerca de seis meses afastado dos gramados e não poderá defender o Atlético-MG no Mundial de Clubes, que acontecerá em dezembro, no Marrocos. Desfalque importante para o time do técnico Cuca.

Richarlyson foi operado por Rodrigo Lasmar, chefe do departamento médico atleticano, no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. E faz parte da extensa lista de jogadores machucados do Atlético-MG, que conta também com Ronaldinho Gaúcho, Dátolo, Gilberto Silva, Réver, Guilherme e Michel.