O meia argentino Juan Román Riquelme, do Boca Juniors, passou nesta quarta-feira por uma cirurgia no joelho esquerdo e deverá, assim, ficar afastado por cerca de três meses dos gramados.

A operação, aliás, praticamente coloca fim aos boatos de que Riquelme poderia se transferir ao futebol brasileiro. Seu contrato vence em junho deste ano, mas segundo as leis argentinas o Boca Juniors será obrigado a prorrogar o vínculo após a contusão.

O problema ocorreu na penúltima rodada do Torneio Clausura, na partida contra o Huracán. A princípio, os médicos cogitaram fazer apenas um fortalecimento muscular. Mas depois de sucessivos exames, decidiram pela cirurgia, realizada nesta quarta por Jorge Batista em uma clínica de Buenos Aires.

Durante toda a temporada, o meia já estava sofrendo com dores no joelho esquerdo. O problema fez, inclusive, com que ele perdesse alguns treinos.