Aos 41 anos, Rivaldo ainda quer jogar mais um Campeonato Paulista. O pentacampeão confirmou que, se tiver condições físicas, pretende disputar a próxima edição do estadual pelo Mogi Mirim, clube do qual é proprietário. O jogador rescindiu há 10 dias seu contrato com o São Caetano, com quem estava disputando a Série B do Brasileiro, e irá passar por uma artroscopia no joelho direito.

“Neste momento não teria condições de entrar em campo. Então vou me cuidar e ver se até janeiro me recupero e jogo no Mogi para encerrar a carreira no Campeonato Paulista. Nós temos excelentes profissionais no clube e espero estar recuperado antes do início do Paulistão”, disse o jogador, ao site do Mogi Mirim.

Mas o veterano, que faz 42 anos em abril, garante que só disputará o Paulistão se estiver 100% clinicamente. “Não quero que o torcedor do Mogi crie falsa expectativa sobre a minha presença no Paulistão. Se não estiver totalmente recuperado, não vou comprometer o clube. Por isso é preciso aguardar”, afirmou ele.

A passagem de Rivaldo pelo São Caetano foi melancólica. Com várias contusões, ele conseguiu disputar apenas 19 jogos em um ano. O clube acabou caindo para a segunda divisão do Campeonato Paulista e corre sério risco de ser rebaixado também na Série B. Seu contrato ia até dezembro, mas, como não poderá jogar mais por causa da lesão no joelho, foi rescindido.