Há 13 anos, o lateral Juan vive entre os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Antes de defender o Santos, passou pelo São Paulo, Flamengo e Fluminense.

Instado a diferenciar a rivalidade entre times cariocas das disputas entre equipes paulistas, o lateral foi enfático. “A rivalidade aqui [em São Paulo] é mais séria, [tem] até violência. Lá no Rio, não, é mais brincadeira, um tira sarro do outro. Carioca é mais gozador, aqui a coisa é mais séria, até dentro de campo é diferente.”

Revelado pela categoria de base do São Paulo no começo dos anos 2000, Juan passou pelo Arsenal e pelo Millwall, da Inglaterra, antes de retornar ao Brasil no Fluminense em 2004. No clube das Laranjeiras, o lateral encontrou o técnico Abel Braga, rival de amanhã, a quem se diz grato por lhe ter dado uma oportunidade de ser titular.

Os dois times entrarão na Vila Belmiro cheios de desfalques. O Santos não terá suas principais estrelas: Neymar e Rafael estão na seleção brasileira, e Ganso se recupera de uma cirurgia no joelho. Arouca e Borges também não têm condição física de jogar.

No lado carioca, os principais desfalques são Deco e Fred, que aprimoram a forma física, e Thiago Neves, que se recupera de lesão.