O piloto curitibano Roberto Baú (Marumbi Kart Indoor), conquistou no último dia 12 de dezembro o tetracampeonato da categoria Marcas, na tradicional prova "500 Milhas de Londrina". Correndo em parceria dos irmãos Algacir e Geraldo Sermann, com um Gol preparado pela Beto Cazuni Racing, o trio largou da quinta posição na categoria e venceu após 231 voltas.

A primeira vitória de Roberto Baú na prova aconteceu em 1996, junto com os pilotos Morvan Tacla e Thalis Polis. No ano seguinte, em 1997, também com Morvan Tacla e Thalis Polis, veio o bicampeonato. Mas foi em 1999, no tricampeonato, que Baú conquistou sua melhor performance: em companhia de Francisco Helmer e Thalis Polis, venceram na categoria Marcas e ficaram em segundo lugar na geral.

Na 13.ª edição da mais importante prova do Norte do Paraná, em 2004, Roberto Baú participou em busca de mais um recorde, o tetracampeonato. Durante a bateria classificatória que definiu o "grid" de largada, o trio curitibano formado por Algacir Sermann/Roberto Baú/Geraldo Sermann.

A estratégia do trio, durante a prova, era de fazer tempos constantes sem forçar a caixa de câmbio e o motor: e a cumpriram à risca. As paradas para troca de pilotos e reabastecimento foram perfeitas e a cada hora o trio ganhava mais posições. Mas a certeza de vitória veio somente na última hora, quando com uma volta de vantagem sobre o segundo lugar, foi preciso só administrar.

"Mesmo tendo experiência em provas de longa duração, parecemos garotos em busca da vitória. A nossa equipe trabalhou direito e tudo correu como nós prevíamos. Mas para mim a vitória teve um sabor diferente, pois com ela cheguei ao tetracampeonato nas "500 Milhas de Londrina". Este ano ganhei também o Sul Paranaense e Norte Catarinense de Kart, na categoria Sênior, e essa vitória foi para fechar o ano com chave de ouro", disse Roberto Baú.

Resultado final

Ao fim de 6h37min03s, o resultado final foi o seguinte: 1.º) Márcio Lima/César Bonilha/Ciro Moreira, 263 voltas; 2.º) Marcus Peres/Aloysio Moreira/Osvaldo Ferreira, 259; 3.º) Beto Borghesi/Luciano Borghesi/Tazzio Borghesi, 256; 4.º) Mayara Beraldo/Antonio Beraldo/Edicesar Souza Lima, 252; 5.º) José Roberto/Marcos Peres/Aloysio Moreira, 250; 6.º) Admir Pardo/Diego Pardo/Flávio Trindade, 245; 7.º) João Finardi/Sanito Cruz Jr/Ike Zornig, 244; 8.º) Cássio Tettene/Valter Prunner/Alessandro Vitorelli, 241; 9.º) Algacir Sermann/Roberto Baú/Geraldo Sermann, 231; e em 10.º) Alexandre Jardim/José Jardim/Marcos Jardim, com 230 voltas.

Recapado

Desde o início do mês, operários trabalham em ritmo acelerado no autódromo espanhol de Barcelona para recapear a pista, até a volta dos testes de pré-temporada da Fórmula 1, em janeiro. Pela primeira vez desde a inauguração, em 1991, todo o circuito está recebendo novo asfalto.

As áreas de escape nas curvas Elf e Seat também estão sendo modificadas para dar mais segurança aos pilotos. Além disso, novos acessos ao público estão sendo criados e o setor G da arquibancada está sendo totalmente reformado. A expectativa da direção do autódromo é que tudo esteja pronto no dia 15 do próximo mês.