Foto: Allan Costa Pinto

Por enquanto a única novidade na equipe é Piauí no lugar de Léo Medeiros.

É hora de mostrar serviço. Com a chegada do técnico Roberto Fernandes, os jogadores do Atlético já perceberam que não será fácil garantir um lugar na equipe titular.

E para impressionar o novo comandante, nada melhor do que jogar bem no domingo e ajudar o time a conquistar uma vitória sobre o Atlético-MG.

O treinador já deixou claro que não irá aceitar nenhum resultado diferente. ?Já tive a oportunidade de enfrentar o Atlético na Arena e sei a força da torcida. Em casa, o time tem que ser senhor das ações e buscar a vitória sempre?, avisa.

Fernandes, que na quarta-feira apenas acompanhou os trabalhos no CT do Caju, comandou ontem seu primeiro coletivo. Por enquanto, a única mudança que parece certa é a entrada de Piauí na ala esquerda, substituindo Léo Medeiros. Os zagueiros Rhodolfo e Antônio Carlos continuam vetados pelo departamento médico. Assim, Alex Fraga e Leandro Bambu permanecem na equipe, que ainda pode ter outras novidades no domingo.

Deixar o Furacão mais ofensivo é um dos objetivos do novo técnico. Para isso, ele pode abrir mão de um volante e escalar mais um meia de criação. Provavelmente, com a entrada de Kaio no lugar de Alan Bahia. No ataque, Rogerinho foi testado ao lado de Marcelo Ramos e pode, finalmente, ter a chance de começar jogando.

Porém, a torcida só conhecerá o time momentos antes do jogo. Fernandes é adepto do mistério e costuma esperar até o último instante para revelar a escalação. ?Vamos aguardar até domingo para ver quem entra ou não?, afirma.

Quem vinha jogando como titular sabe que não pode vacilar. ?Chegou um treinador com um estilo diferente e o grupo ganha uma motivação maior. Quem está fora, quer mostrar serviço e quem está jogando quer continuar no time?, diz Marcelo Ramos.

Fernandes já avisou que dará oportunidade para todo mundo. ?Ficou acordado que irei observar todos os atletas. Vamos analisar e ver o que falta, ou não, para termos um elenco competitivo?, ressalta.

Porém, o mais importante é voltar a vencer e continuar entre os primeiros do Brasileirão. ?Será mais um desafio muito difícil. Mas já desperdiçamos dois pontos contra o São Paulo e temos que nos recuperar?, conclui o meia Netinho.