O presidente Aramis Tissot descartou uma mudança no comando técnico neste momento da competição. Apesar do momento ruim do time, disse que Roberto Fonseca “tem crédito” e que “é momento para agir com tranquilidade”.

Porém, deixou clara a sua insatisfação com a sequência de resultados que determinaram uma queda acentuada do Paraná na tabela. “Vamos conversar com calma, amanhã (hoje), e tentar definir, de vez, o que está acontecendo”, disse.

“Vamos ter que buscar soluções. O nosso objetivo é o acesso e temos que recuperar o foco imediatamente. Na terça, não posso admitir outro resultado senão a vitória”, afirmou Tissot.

O Paraná recebe o Boa, às 20h30, na Vila Capanema, já pela abertura do returno. Pela média histórica, o Paraná terá que “encontrar” pelo menos onze vitórias nos dezenove jogos que tem pela frente para garantir vaga na Série A.