São Paulo – Já em plena preparação para os Jogos Olímpicos de Atenas, o atirador paranaense Rodrigo Bastos, vice-campeão pan-americano em Santo Domingo, dá início amanhã ao trabalho visando Pequim, em 2008.

Trata-se da inauguração do estande de tiro do Clube de Caça e Tiro de Guarapuava (PR), uma parceria entre o Comitê Olímpico Brasileiro e a Federação Paranaense de Tiro, com apoio da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) e Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC), patrocinador do atirador e da entidade.

A cerimônia começa às 11 horas, seguida de almoço de confraternização. O mais novo centro de treinamento de tiro ao prato da Federação Paranaense vai servir para a preparação de Rodrigo e para a formação de novos valores para o esporte. “Temos agora um centro de excelência em Guarapuava, com toda a infra-estrutura para a formação de novos atiradores para o País. Isso fará do Paraná um dos celeiros do tiro esportivo nacional”, destaca Rodrigo.

Está confirmada a presença de representantes do governo do Paraná, Comitê Olímpico Brasileiro, Confederação Brasileira de Tiro Esportivo, Companhia Brasileira de Cartuchos e jornalistas, já que se trata de um evento de importância para a repercussão do tiro como esporte forte no País. Para marcar a inauguração, Rodrigo receberá seus amigos para um torneio no final de semana.

No sábado acontece a disputa de fossa olímpica, com 50 pratos, enquanto no domingo será a vez da prova de percurso, com 40 pratos. As inscrições poderão ser feitas no local e as disputas terão início às 13 horas. “Estarei recebendo meus amigos para formalizar a inauguração”, afirma.