Até se machucar, Rodrigo Caio era o jogar mais regular na escalação inicial do São Paulo com Muricy Ramalho. Agora que a equipe está em ascensão, pleiteando brigar pelo título brasileiro com o Cruzeiro, o garoto passa por uma exaustiva rotina de recuperação da cirurgia que fez no joelho esquerdo, em agosto.

Nesta quinta-feira, ele iniciou uma nova etapa de recuperação: agora ele realiza trabalhos de hidroginástica na piscina do CT da Barra Funda, sob o comando de Roberta Rosas. “É muito importante mudar um pouco os trabalhos. Acredito que será um período bom, porque vou poder fazer coisas novas. São treinos cansativos, mas fundamentais nessa etapa da fisioterapia”, festejou.

Rodrigo se machucou diante do Criciúma, no Morumbi, sofrendo uma entorse no joelho esquerdo. Em 7 de agosto, foi para a mesa de cirurgia, iniciando um processo que deve levar pelo menos seis meses até que possa voltar aos gramados.

“A primeira semana foi a mais complicada, até pelas dores, e eu não conseguia fazer nada. Mas, agora, já consigo me movimentar e tenho dobrado a perna. Isso facilitou bastante e, por isso, comecei esse trabalho na piscina. Estou muito contente com esta nova etapa”, acrescentou Rodrigo Caio.