O técnico Roger Machado avaliou que o Grêmio demorou a compreender a postura que precisava adotar diante do Botafogo, no último domingo, o que acabou sendo decisivo para a derrota por 2 a 1, no Estádio Luso-Brasileiro, assim como o golaço marcado pelo meia Camilo, que abriu o placar do duelo, que havia sido adiado da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“O primeiro gol do Botafogo foi um belo gol. Uma jogada de fundo, atrás da nossa defesa. Teve um erro de cobertura, que permitiu o dois contra um no Marcelo Oliveira. Ele ficou desprotegido”, disse Roger, também enxergando uma falha do sistema defensivo gremista no primeiro gol do duelo.

O treinador gremista também avaliou que os seus jogadores demoraram a se adaptar ao que exigia o gramado ruim do Luso-Brasileiro, que os forçaria a fazer um duelo mais aguerrido e de menos toque de bola. Além disso, reconheceu o desempenho ruim da sua equipe e a superioridade do Botafogo.

“Sofremos com o gramado. Não entendemos que precisávamos competir, que o gramado não permitia tocar a bola. Ainda levamos o segundo gol. No segundo tempo, entendemos melhor a ideia. Ampliamos o campo, mas não foi um jogo bom. O adversário se sobrepôs e venceu”, afirmou.

Com a derrota, o Grêmio permaneceu com 36 pontos e em sexto lugar no Brasileirão. O time voltará a jogar na próxima quarta-feira, quando vai visitar o Coritiba, no Couto Pereira, pela 23ª rodada.