O All England Club Lawn Tennis & Croquet Club abre suas portas para o centenário Torneio de Wimbledon. Como manda a tradição, o defensor do título tem a honra de fazer a partida de abertura e, assim, às 9 horas (de Brasília, com SporTV 2), se a chuva deixar, Roger Federer dá início à busca do quinto troféu seguido no torneio diante do russo Teimuraz Gabashvili.

Wimbledon é o único dos quatro torneios do Grand Slam que ainda mantém ares de aristocracia. O All England Club é fechado ao público e o acesso do público só é permitido nas duas semanas do torneio – com ingresso nas mãos, é possível ver os melhores tenistas do mundo, em trajes em que predomina o branco, e ainda sentar-se ao lado de membros da família real.

Este ano, Wimbledon está um pouco diferente. A quadra central perdeu parte da cobertura, que será substituída por um teto retrátil, que deve estar pronto em 2009. O torneio, normalmente avesso a inovações, rendeu-se ao hawk eye (olho de falcão), sistema eletrônico de marcação de bolas. A premiação também é extraordinária: quase US$ 20 milhões. Os campeões de simples, no masculino e no feminino, vão receber US$ 1,260 milhão.