A Câmara Municipal de Pato Branco aprovou com 13 votos em primeira votação, nesta quinta-feira, o projeto de autoria do vereador pastor Urbano (PSC), que prevê o título de Cidadão Honorário de Pato Branco ao goleiro da Seleção Brasileira e do São Paulo, Rogério Ceni. A segunda votação do projeto só deve acontecer nos meses de outubro e novembro, pois, segundo o proponente do projeto, o homenageado deverá aceitar o título, o que só deve acontecer após a Copa do Mundo. Pastor Urbano contou que a idéia de prestar homenagem a Rogério partiu da direção do partido. Ele relata que propôs o projeto na Casa de Leis devido ao fato de o atleta levar o nome de Pato Branco para o Brasil e o mundo. O vereador acredita que concedendo o título a Rogério, a imprensa nacional dê cobertura ao fato, o que também serviria como uma forma de divulgar o município. O pastor diz que nas entrevistas que concede, Rogério cita Pato Branco como cidade natal, o que o credencia ainda mais para a homenagem. Ele lembra que o atleta é um dos únicos raios a marcar gols em partidas oficiais, outro fator relevante para o vereador. Perguntado sobre quem deveria ser o goleiro da Seleção na Copa do Mundo, pastor Urbano diz que o atleta da posição escolhido pelo técnico Luiz Felipe Scolari deverá ser Marcos, do Palmeiras, mas, caso Rogério vir a entrar em algum dos jogos, ele deverá tomar a posição do palmeirense. Rogério Ceni Rogério Ceni nasceu às 22h30 do dia 22 de janeiro de 1973, em Pato Branco. É filho de Eurydes Ceni e Hertha Ceni e tem três irmãos, Rosicler, Rudimar e Ronaldo. Até os 11 anos de idade, viveu no município, onde estudou até a 5ª série. Aos quatro anos, começou a jogar tênis e participou de campeonatos de futebol na escola. Aos oito anos, foi matriculado na escolinha do Grêmio Industrial Patobranquense. Rogério jogou em várias posições, jamais no gol. Em 1984, Rogério mudou-se para Curitiba, onde vivia com os irmãos mais velhos. Já em 1985, mudou-se juntamente com os pais para a cidade de Sinop, no Estado do Mato Grosso.

Fonte: Diário do Povo