O técnico Muricy Ramalho disse que não era necessário arriscar, mas Rogério Ceni não pensa assim. O goleiro treinou forte na manhã deste sábado no CT da Barra Funda, não acusou nada e só fica fora do time titular do São Paulo contra o Santo André se sentir novamente o problema na coxa direita no aquecimento antes da partida.

“Ele treinou bem, conseguiu fazer todos os movimentos sem sentir dor”, afirmou o médico José Sanchez. “O Rogério ainda fará tratamento até amanhã [domingo] e faremos uma última avaliação no vestiário”.

Mas para quem foi ao CT não será necessário um último teste. Debaixo de um sol forte, Rogério participou do recreativo com afinco. Fez todos os movimentos que costuma realizar nas partidas, sem limitação.

No começo da atividade, ele até causou certa preocupação no departamento médico porque, sempre que chutava, colocava a mão na coxa direita e, em seguida, alongava. Depois, porém, continuou sem sentir mais nada. Trabalhou inclusive cobranças de pênalti e falta.

Apesar de Rogério estar confirmado, Muricy ainda faz mistério sobre o restante do time. O zagueiro Rodrigo deve ser uma das novidades, assim como o ala Wagner Diniz. “Ele ainda não falou nada, mas tenho treinado bem desde que voltei. Fisicamente eu estou muito bem, falta mesmo entrar para readquirir o ritmo de jogo”.