Ainda sem empolgar a torcida do Atlético Mineiro neste ano, Ronaldinho Gaúcho admitiu nesta quinta-feira que sofreu uma queda de rendimento nas últimas semanas e ainda está devendo aos torcedores, principalmente depois da perda do título do Campeonato Mineiro para o rival Cruzeiro.

“Concordo [que não venho tendo boas atuações], o que mais sinto falta é de ritmo de jogo. Joguei poucas partidas nesta temporada. Agora virá uma boa sequência de jogos e oportunidade de jogar. Estou trabalhando forte para voltar a ter bons rendimentos e voltar a ajudar a equipe do Galo”, disse Ronaldinho.

O meia-atacante entrou em campo poucas vezes neste ano por causa de lesão e por opção da comissão técnica, que o poupou no Estadual, visando a Copa Libertadores. Recuperado das dores no tornozelo direito, Ronaldinho garante que está pronto para emplacar sequência de partidas.

No entanto, não garante sua presença na estreia do Atlético no Brasileirão, contra o Corinthians, domingo, em Uberlândia. “Só o treinador pode dizer [se vou jogar]. Estou bem treinado e bem motivado”, assegurou o jogador, que fez apenas um treino de finalizações, nesta quinta-feira.

Questionado sobre o amigo Anelka, assunto da semana no clube, Ronaldinho disse que não comentaria a frustrada transferência do atacante. “Isso é com a diretoria. Sobre o Anelka, eu não falo”, desconversou. O francês se envolveu em polêmica com a diretoria atleticana ao negar ter assinado qualquer contrato com o time um dia depois de ser descartado pelo clube – o Atlético alegada atraso na apresentação para “cancelar” o vínculo.