Ronaldo marcou seu retorno para domingo, no jogo contra o Guarani, em Campinas. Apesar de o Corinthians estar em crise, sem vencer há seis rodadas e sem treinador, ele acredita que é “um bom momento para voltar”. Afinal, o atacante lembra que o time ainda está na disputa pelo título do Brasileirão. Mas, para chegar lá, ele avisa que a torcida corintiana precisará dar seu apoio.

“O torcedor tem a maior parcela de contribuição. Ele tem de acreditar, pois serão nove finais e vamos precisar da nossa torcida, do início ao fim”, disse Ronaldo, que garantiu estar pronto e recuperado para disputar as últimas nove rodadas do Brasileirão, quando o Corinthians tentará a reação para chegar ao título – está em terceiro lugar, cinco pontos atrás do líder Cruzeiro.

Ronaldo não joga desde o dia 8 de setembro. Nesse período, enfrentou uma contusão na panturrilha direita e a luta para recuperar a forma física. Agora, no momento em que o Corinthians mais precisa, ele está de volta. E não esconde a motivação. “O time vai precisar dos meus gols para conseguir as vitórias e estou comprometido para conseguí-las, para embalarmos”, revelou.

Segundo Ronaldo, “o campeonato está aberto”. “Olha, o momento realmente é difícil, não era o que pensávamos. Mas nós temos de pensar positivo. São seis jogos sem vitória e, no entanto, ainda estamos a cinco pontos do líder. A distância não é tão longa para correr atrás”, avaliou o atacante, sem perder a esperança. “Apesar da crise que estamos vivendo, temos boas chances de ser campeão.”