O Internacional aproveitou o treino coletivo desta terça-feira apenas para entrosar a equipe titular que o técnico Celso Roth havia esboçado na segunda. Já em Fortaleza, onde a equipe gaúcha encara o Ceará nesta quarta, no Castelão, Roth comandou um treinamento com portões fechados, mas admitiu que não promoverá surpresas na escalação.

O treinador colorado montou ainda em Porto Alegre o time que começará jogando na capital cearense. Roth não terá seis jogadores considerados titulares: Tinga e Rafael Sóbis, lesionados, Índio e Kléber, poupados, e Giuliano e D’Alessandro, que servem as seleções brasileira e argentina, respectivamente.

Com tantos desfalques, Roth acredita que o Inter tem que ter cuidados adicionais, mesmo com o adversário aparecendo na parte de baixo da tabela do Brasileirão. “O Ceará é uma equipe muito qualificada e devemos ter cuidado com isso”, afirmou o treinador.

Com Nei improvisado na lateral esquerda e apenas Alecsandro isolado no ataque, o Inter será escalado no 4-5-1, com a seguinte formação: Renan; Daniel, Bolívar, Sorondo e Nei; Glaydson, Guiñazu, Andrezinho, Edu e Marquinhos; Alecsandro.