Guerrón teve seu contrato estendido com o Atlético até 2013, assim como Nieto, situação que já estava prevista para acontecer desde que os contratos foram assinados.

E mais uma vez à disposição de Renato Gaúcho, o equatoriano deve receber uma chamada da diretoria de futebol para que tenha mais comprometimento. O atacante deve também ser peça usada na Copa Sul-Americana, competição na qual Renato Gaúcho não vai utilizar a equipe titular.