O Atlético fez uma grande partida, porém os erros de finalização impediram que o time saísse com uma vitória histórica de São Januário. O empate não foi um mau resultado, mas pela virada no placar imposta pelo time paranaense no 2.º tempo, jogadores e comissão técnica deixaram o gramado bastante tristes.

“Um ponto fora não é de se lamentar. Lamentamos porque tínhamos 3 pontos na mão”, comentou Geninho. Alan Bahia também ficou ressentido com a igualdade. “O time jogou muito e saímos com um gosto de derrota. Criamos muitas oportunidades, mas temos que melhorar a finalização” comentou o volante.

Para Galatto, o empate no Rio de Janeiro foi injusto. “O Atlético lutou muito e merecia a vitória. Mas pelas circunstâncias um ponto valeu. O nosso time jogou muito bem, mas faz parte do futebol. Agora, domingo, temos que vencer”, afirmou o goleiro que recebeu o terceiro cartão amarelo e não poderá atuar contra o Sport.

Geninho fez questão de destacar a evolução de seus comandados, que desde a partida contra o Internacional vêm apresentando um melhor futebol. Ele considerou a partida diante do Vasco como a melhor feita pela equipe como visitante, enaltecendo as chances de gol criadas e a postura de partir para cima do adversário. “Demorou um pouquinho, mas eles estão pegando o jeito de jogar”, elogiou o treinador.

Para enfrentar o Sport, mais uma vez Geninho terá vários desfalques. Além de Galatto, Antônio Carlos também recebeu o terceiro cartão amarelo. Gustavo e Julio dos Santos saíram de campo contundidos.