Divulgação
Youzhny, campeão em Chennai.

O tenista número 2 do mundo, Rafael Nadal, sofreu uma retumbante derrota neste domingo, para Mikhail Youzhny, na final do Aberto de Madrás, na Índia. O russo, número 19 do mundo, assegurou o quarto título de sua carreira ao ganhar por 2 sets a 0, com parciais de 6/0 e 6/1. A derrota de Nadal levantou questões sobre sua forma física, se ele estaria bem preparado para participar do Aberto da Austrália, que acontece neste mês.

O campeão do Aberto da França pareceu longe de estar em boa forma. Nadal, que teve de enfrentar uma verdadeira maratona de quatro horas na semifinal contra o seu compatriota Carlos Moyá, no sábado, pediu atendimento médico quando a partida estava em 4/1, no segundo set.

Torneio de Doha

O tenista escocês  

Andy Murray superou, neste sábado, o suíço Stanislas Wawrinka por 6-4, 4-6 e 6-2 e conquistou o torneio de tênis de Doha, no Catar.

Murray, 20 anos, é o atual número onze do mundo e conquistou seu quarto título em oito finais como profissional. Já Wawrinka, 22 anos, tentava o segundo troféu de sua carreira.

Final de Hong Kong

A norte-americana Venus Williams venceu o torneio de exibição de Hong Kong. Ela derrotou a russa Maria Sharapova na decisão por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3.

A competição serve de preparação para o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada e que começa no próximo dia 14.

A vitória de Venus completou um belo fim de semana para a família Williams, já que sua irmã Serena levou os Estados Unidos ao bicampeonato da Copa Hopman na sexta-feira, ao lado de Mardy Fish. Venus venceu o primeiro set quebrando o serviço da russa no décimo game. O segundo foi mais fácil, porque a russa errou muito e não resistiu ao maior volume de jogo da adversária.

Torneio de Adelaide

O francês Michael Llodra conquistou neste domingo o título do Torneio de Adelaide, na Austrália. Para comemorar, o tenista deu um mergulho no Rio Torrens. Llodra derrotou na decisão o finlandês Jarkko Nieminen por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Depois, foi acompanhado no mergulho pelo técnico Olivier Malcor e o preparador físico Christian Gaillard.